6 de abril de 2015

Resenha: Mentirosos


Sinopse: Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular. Cadence - neta primogênita e principal herdeira -, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos.Durante o verão de seus quinze anos, as férias idílicas de Cadence são interrompidas quando a garota sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu.fonte: www.skoob.com.br


Minha Análise



Mentirosos é um livro narrado em primeira pessoa, pela personagem principal Cadence.
A história apresenta um cenário bem limitado. A história decorre através da apresentações sobre os verões de Cadence na ilha, sendo denominados Verão dos Quinze, Verão dos Dezesseis e assim por diante.
Os personagens são poucos também, sendo destacado apenas seis deles, os quatro Mentirosos, a mãe e o avô de Cadence.
Mentirosos, em minha visão, foi muito bem escrito. Possui uma linguagem simples e de leitura bem fluida. Foi, definitivamente um dos livros mais rápidos que li. Dá pra ler em um dia tranquilamente. Embora seja um livro infanto-juvenil, o livro apresenta diálogos reflexivos e profundos ao mostrar como é a família Sinclair e como é uma rotina de aparências que é criada em volta deles.
A obra tem toda uma dinâmica envolvida. Apresenta diferentes tipos de escrita dentro do todo. Em momentos há a descrição da história de forma poética por parte do interlocutor, outras vezes há a descrição em terceira pessoa, onde mostra algumas histórias paralelas, mesmo que tenham a ver com o enredo principal, escritas pela protagonista. É notável como os diálogos são divididos em lembranças e atualidade, as lembranças são narradas em orações únicas, enquanto os atuais são diálogos corridos.



O livro tem todo um ar de misterioso de início ao fim em relação aos acontecimentos do verão de quinze anos de Cady e é aí que mora toda a graça apresentada no livro. A princípio muitas passagens aparentam ser desnecessárias, feitas exatamente pra preencher espaço na história e na verdade, não é bem assim. Tudo se encaixa ao final da história.
É um dos livros mais criativos que li da categoria infanto-juvenil. Super recomendável para os leitores, que assim como eu, estão tentando fugir do enredo de romance teenager sem fugir da categoria totalmente.
A diagramação é bem feita e não encontrei erros de revisão durante a leitura. Ressalto aqui também o desenvolvimento da capa, que tem o diferencial de ser prata brilhante e bem bonita e diferenciada de vários livros que já vi. Porém achei que o material, não sei dizer qual, usado para a produção da capa é muito ruim, pois ele acumula gordura muito facilmente. Encostar um dedo na capa é certo que ele ficará com a sua digital visivelmente aparente por alguns dias, tirando a beleza de toda a coloração prata diferenciada.


Onde comprar






Espero que tenham gostado da resenha! Me contem nos comentários o que acharam, ok? E se você já leu o livro me conta também o que achou!

4 comentários:

  1. Mesmo eu já tendo os meus 24 anos amo livros para um publico mais jovem, adorei a dica do livro Mentirosos e com certeza esta na minha lista de leitura!

    Beijos e já estou seguindo

    Blog da Joanna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana Paula!
      Também sou que nem você, não importa a idade que tenho, acho que sempre vou gostar de ler um YA hahah
      Um beijo

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Olá Mel!!
    Concordo que esse livro foi um dos melhores na categoria infanto-juvenil de 2014.Tive alguns problemas na leitura principalmente no início porque achei a narrativa meio arrastada,mesmo adorando as partes que a autora abusa de uma linguagem mais poética.Mas do meio pro final.....aí sim o livro me conquistou completamente!!
    A autora tem tudo pra conquistar cada vez mais leitores não tenho dúvidas!!
    Beijos!!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cláudio!

      Senti a mesma coisa que você. O início do livro sugere que vai ser "apenas um repeteco do que já temos aos montes no mercado", mas ele realmente surpreende caminhando pro final.
      Pretendo ler mais obras da autora e trazer aqui pro blog!
      Um abraço!
      Obrigada pela visita.

      Excluir

© Tempo de Opinar | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.