13 de setembro de 2017

Aquarela: Cervo Duas Cores



    Como vocês já devem ter visto por aqui no blog, eu gosto muito de me arriscar um pouco e pintar em aquarela. Acho a técnica incrível e os resultados sempre surpreendentes e únicos. Apesar de não ter muito conhecimento na área, e quando digo isso quero dizer que nunca fiz nenhum tipo de curso presencial ou online, posso dizer que tentar reproduzir alguma coisa do que vejo em vídeos no youtube costuma ser de muita ajuda. 
  Com isso, aos poucos fui tentando conhecer mais sobre a técnica e comecei também a admirar boards/painéis de aquarela pelo Pinterest. Aliás, fica aí a dica pra você conhecer o meu perfil no pinterest clicando aqui ou no ícone abaixo da minha foto na sidebar. Até que num belo dia, me apareceu esta imagem no meu feed pessoal. Achei a idéia tão incrível que acabei separando a imagem para tentar reproduzir no futuro.



  A imagem original, já linkada acima, é de um tatuador chamado Kelvin Gabriel. Esta é a arte de uma tatuagem que tenta reproduzir o efeito de aquarela na pele, e alguns profissionais conseguem fazer isso com maestria. No entanto, queria tentar chegar o mais próximo possível do original por achar que o desenho, as cores, o tipo do traço combinaram muito bem entre si. Concluí que seria um desafio interessante para mim mesma. Abaixo vocês podem conferir através das imagens um pedacinho do processo e de algumas etapas até chegar no resultado final.


O Processo




    Se forem comparar com a original é nítido que as cores não são as mesmas, muito menos o traço, tanto no sentido de espessura como leveza deste ao longo da ilustração. As manchas em aquarela também não ficaram iguais e acredito que tudo isso seja impossível de igualar, ainda mais se tratando de uma técnica que possui essa peculiaridade, uma gota de água a mais ou a menos, pode fazer toda a diferença. 
   Fazendo este desenho pude refletir como preciso aprender mais sobre o efeito de manchas com aquarela, ainda acredito que muitas vezes o que faço não fica exatamente como queria, gosto de manchas sutis e não tão marcadas como as que consigo, embora estas também tenham sua beleza e estou aprendendo a amá-las aos poucos. 
   De modo geral, gostei muito do resultado já que esta foi minha primeira tentativa com desenhos mais minimalistas. Como vocês podem ver pelos meus desenhos anteriores em aquarela, eu não costumo pintar desenhos que mostrem todas as características da técnica e, as vezes pode não ficar tão claro que foi feito desta forma. Então, foi uma jeito muito bom de sair um pouco da minha zona de conforto e deixar a beleza das poucas cores utilizadas aparecerem mais e brilharem. 



Materiais utilizados:
Conjunto Aquarela bisnagas 12 cores - Pentel
Paleta aquarela em pastilhas - Faber Castel
Lápis grafite HB - Faber Castel
Papel aquarela de pouca textura 300g/m² - Canson
Canetas Pigma sensei 03,04 e 10 - Sakura

    Espero que vocês, assim como eu, tenham gostado do resultado obtido. Aproveitem pra me contarem nos comentários se gostam de desenhos assim mais minimalistas ou se preferem ilustrações mais carregadas e com muitas cores. Vou adorar saber!!

Um comentário:

© Tempo de Opinar | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.